Entrevista com Meu.Shopping

Colmeia

Marina e Camila Melchior são irmãs, uma formada em biologia e a outra cursando engenharia ambiental, ambas pela UNICAMP. Depois de terem contato com um grupo de troca, que é algo baseado na economia colaborativa, tiveram a ideia de criar algo parecido, que depois resultaria no Marketplace, a Colmeia.

Elas já tinham percebido em grupos de amigos, alguns formados na área e outros ainda frequentando a faculdade, que havia uma pré disponibilidade para criar algo autônomo, seja por não encontrar emprego na área ou por querer empreender. Esse já era até um pensamento da própria Camila.

Sua irmã, por exemplo, já tinha tido essa experiência empreendedora com amigos, com quem chegou a montar uma produtora. Utilizaram dos recursos de crowdfunding (financiamento coletivo) e tiveram um bom retorno. Conseguiram comprar equipamentos, iniciar com propagandas e atrair público. Produziram um documentário da UNICAMP e mais tarde chegaram até a criar séries para a TV Cultura.

As irmãs sempre foram muito antenadas e engajadas com todos os movimentos de negócio e empreendedorismo ao redor. Com a pandemia perceberam que essas atividades estavam cada vez mais frequentes. Através de um grupo de facebook da faculdade, com grande número de pessoas, vinham notando o crescimento de vendedores (artesãos, etc.) que utilizavam o canal para expor seus trabalhos e atrair compradores.

Foi então que a Colméia foi criando vida, sempre pensando nos conceitos ambientais, sustentáveis e na economia solidária. Posto isto, elas decidiram produzir um questionário para saber se realmente haveria gente interessada em participar desse modelo de negócio que elas estavam dispostas a construir - marketplace. No final, a pessoa deixava seu email caso tivesse interesse.

O que a Marina e a Camila estavam fazendo era validando a ideia delas antes de começar a gastar os recursos na criação do Marketplace. E o resultado do questionário foi muito positivo,, sendo assim, caminharam para colocar o plano em ação - utilizando a abordagem de MVP (Produto Mínimo Viável) - entenda melhor o que isso significa nos artigos do Meu.Shopping.

Elas contaram com a ajuda do Matheus Honorato, expert em marketing e vendas no digital. Antes disso, o conhecimento delas sobre ecommerce e marketplace era quase nulo, tinham pouca noção do que significava e a diferença entre eles. Com a entrada do Mateus, elas entenderam bem o conceito de cada um. Ele também participou de discussões estratégicas do negócio, como por exemplo, cobrança de taxa percentual sobre as vendas ao invés de mensalidade, como inicialmente elas estavam pensando. Essa foi uma estratégia que ele achou mais adequada ao modelo de negócio que elas estavam propondo.

Um dos maiores medos iniciais delas era que os vendedores não se animassem para iniciar suas lojas na plataforma. Hoje, elas têm o desafio de manter seus lojistas engajados e atrair clientes, além da preocupação com a concorrência.

Segundo a Camila e a Marina, o Meu.Shopping foi peça chave para tirar o projeto do papel. “Optamos pela plataforma Wlanut após longa pesquisa de soluções de ferramentas para esse modelo de negócio, mas todos eles exigiam investimentos financeiros muito altos, além de muita complexidade para implantação - nada democrático”

As irmãs estavam apenas iniciando esse negócio, e precisavam de uma solução acessível, foi então que o Meu.Shopping serviu como uma luva.

Segundo elas, teve outro ponto que as fez confiar e escolher o Meu.Shopping: Atendimento! “Primeiro a gente fez uma loja teste e vimos que vocês respondiam muito rápido e nos ajudaram com as dúvidas que surgiram. Foi um bom apoio. É muito ruim quando você começa a ter dúvida e não tem por quem chamar”. Elas viram também que a plataforma Meu.Shopping tinha tido experiência com bazares, uma pegada muito parecida com a que elas estavam propondo.

Depois de já terem o público interessado de ambos os lados da plataforma, tanto a clientela, quanto os fornecedores e prestadores, elas já tinham a plataforma ideal para montar o Marketplace. Tudo deu muito certo. Não tiveram dificuldades e foi fácil entender o mecanismo do Meu.Shopping.

Hoje, o sonho das duas para a Colmeia é ter uma plataforma sustentável, de olho nas questões ambientais, no apoio ao pequeno negócio, reforçando o comércio local e que vise o consumo consciente. Mais que isso, elas desejam também fortalecer os laços da comunidade, para que quando alguém precisar de ajuda, possa contar com essa rede.


Crie seu próprio
Shopping

Criação rápida e Gestão simplificada

Pagamento e Recebimento Integrados

Nossa equipe sempre por perto

Comece agora